segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

UM ESTRANHO OBJETO AÉREO NÃO IDENTIFICADO


.
Na madrugada de 24 de fevereiro de 2014, entre as 24:12 e 24:30hs, estando eu a observar o céu num local relativamente escuro, vi um OANI, ou seja, um Objeto Aéreo Não Identificado. 

Era algo como um pilar de luz nevoento pairando no céu ao lado das estrelas Alpha (Rigil Kentaurus) e Beta Centauro (Hadar), estrelas que eu não reconheci à princípio. O objeto estava à cerca de 35º de altitude. A luz ora sumia ora desaparecia, devido ao fato de haver nuvens naquela região do céu, mas me pareceu que ela própria diminuía de intensidade as vezes. Ela pairava no céu em sentido perpendicular, e era de cor alaranjada, tal como as nuvens iluminadas por lâmpadas de vapor de sódio, não se parecendo, no entanto, como uma luz de neon colorida, pois sua intensidade era mais fraca. Também não brilhava, e devia ter cerca de 3º de comprimento. Creio que não era um reflexo da luz da Lua em nuvens de cristais de gelo muito altas, pois a Lua só iria nascer por volta da 1 hora da manhã, estando 10º abaixo do horizonte na hora da visão. 

Como estava sem máquina fotográfica, liguei para dois amigos que poderiam fotografá-la para mim, mas dei as coordenadas erradas, crendo que estava olhando para o lado Leste, e só quando o céu limpou naquela região, é que fui notar que a luz estava abaixo do Cruzeiro do Sul, e ao lado das estrelas Alpha e Beta Centauro, ou seja, estrelas que se situam no lado Sul do céu. 

Um dos dois amigos chegou até a fotografar o céu, mas fotografou o lado Leste, porém, numa das fotos a luz aparece na extremidade direita, mas bem fraquinha e pairando acima do lado sul da cidade, e talvez houvesse uma nuvem à sua frente neste momento. Infelizmente, o fotógrafo não varreu o céu com seus olhos, e se tivesse esquadrinhado o lado Sul, com certeza teria visto o fenômeno e feito uma boa foto.

O fenômeno durou cerca de 20 minutos, quando a luz desapareceu misteriosamente. 

Um tipo de luz semelhante foi observada na pequena vila de Alton Barnes, na Inglaterra em um dia de julho de 1991, mas era uma "coluna branca bastante luminosa", que desceu lentamente de uma nuvem em direção de uma colina próxima de onde estavam os observadores. Após a luz envolver totalmente a colina, que tinha aproximadamente 240 metros, e permanecendo ali por cerca de 8 segundos, ela desapareceu. No dia seguinte encontraram um dos chamados "círculos ingleses" no local! (extraído da revista UFO, Nº 203, agosto 2013, “O Mistério dos Círculos Ingleses”, pág. 11,)
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário